Quaresma

Quaresma – No século XIII, o papa Inocente III decretou que realmente é pecado grave. No século XVII, o papa Alexandre VII anatematizou quem dissesse que não era pecado grave. Anatematizar é excomungar e o pecado grave é comer carne durante a quaresma, período de quarenta dias subsequentes à Quarta-feira de Cinzas, em que os católicos e algumas outras comunidades cristãs se dedicam à penitência em preparação para a Páscoa.

Fabio Chigi nasceu em Siena, Itália, no ano de 1599. Foi eleito papa Alexandre VII em 1655 e pontificou até morrer aos 68 anos em 1667. Tomei conhecimento da existência do anatematizador em 2017, depois de traçar dois bifes altos de filé-mignon, pecado grave. Adoro pecar. Melhor que um bife na quaresma, só desejar a mulher do próximo.

Mas hoje era dia de falar do barulho ensurdecedor que atroou o prédio juiz-forano sexta-feira, 23 de março, por volta das dez da manhã. Barulho de furadeira elétrica. Pensei que fosse no apartamento de cima. Consultada, a comadre disse que a atroada vinha da garagem e foi verificar.

Voltou com a notícia de que um cavalheiro perfurava o concreto dos pilotis para permitir a instalação dos parafusos que devem sustentar uma tela. Para quê? Ora, para impedir a entrada de macacos vindos da mata que linda, que confina, contígua, limítrofe, lindante.

E assim, entre macacos e os despiciendos ministros do Supremo(*), aproveito a ensancha para desejar ao leitor de blogues ótima Páscoa. Segunda-feira, 2 de abril, a gente volta.

(*) “que devem ser desprezados, merecedores de desdém, desprezíveis”.