Obscenidades

Obscenidades – Num país grande e bobo, cujo Supremo Tribunal Federal foi transformado em corte obscena, nada mais justo que se obscenize um blogue para ficar nos conformes do resto que se vê por aí.

Houaiss tem nove (!) entradas para cuca, que pode ser antiga moeda de cinco réis, ou mulher feia e velha, redução de mestre-cuca, poeira que se levanta da mó e se deposita em torno dela, como também pode significar cabeça, inteligência, mente, psiquismo etc. Cuca é ainda apelido comum no Brasil.

Beludo seria o sobrenome do Dr. Cuca Beludo, que tem feito os locutores de nossas tevês caírem na esparrela de citar o cavalheiro dentro da nova mania de “integração” da emissora com o telespectador.

Um gaiato escreve que está gostando do jogo e se assina Dr. Cuca Beludo. O narrador, afobado, informa: “O Cu Cabeludo tá com a gente!”.

Outros gaiatos se assinam Thomas Turbano, Paula Tejano, Tia Romba e os locutores “interagem” com eles.

O palpitante assunto nos remete ao restaurateur de sucesso Chico Mascarenhas, um dos donos e fundadores do Guimas, que foi surpreendido ao encontrar no menu de um restaurante do Pará original prato de peixe chamado Hipoglós. Curioso, quis saber do garçom que diabo era aquilo. E o garçom, na bucha: “Pacu assado”.