Bizu

Bizu – De todos os significados de bizu, regionalismo brasileiro que anda por aí nos últimos 50 anos, nenhum se aplica a Ivete Sangalo e Gisele Bündchen. As duas têm um bizu diferente,  difícil de explicar. Não são as mais novas nem as mais bonitas das senhoras que circulam pelo planeta, mas seu bizu encanta, comove, entusiasma os homens sérios aqui e alhures.

Seria o “conjunto”, o andar, o sorriso, os bons e os maus modos? Não sei. Gisele tem 38 anos, Ivete anda pelos 46. Qual é a explicação para o imenso bizu das duas?

Inexplicável é também a falta de curiosidade de todas as pessoas que foram de automóvel do Rio para a Flip 18 em Paraty. Passaram batidas por Mangaratiba, onde fica a casa fluminense do jogador Neymar Jr. Conheço o condomínio. Já passei um feriadão na casa de um amigo, anos antes da compra de Neymar, quando tinha casa por lá o então governador Sérgio Cabral Filho. Da casa em que me hospedei podia ver os PMs que vigiavam a casa de sua excelência, hoje residente em Bangu no presídio de segurança máxima.

O condomínio tem um encanto explicável pela boniteza da região. Neymar Jr, além do ótimo futebol, e da fortuna que já faturou no esporte, deve ter algo que fascina a bela atriz Bruna Marquezine, nascida Bruna Reis Maia em Duque de Caxias, RJ, que completa 23 aninhos no próximo dia 4 de agosto. Seriam as tatuagens?

O fenômeno tatoo tomou conta do planeta. Duvido que alguém possa explicar. Se bem que o craque Cristiano Ronaldo, quando perguntado por que não se tatuou, tenha respondido: “Você já viu Ferrari com adesivos?”.

Aí é que está: Ferrari dispensa adesivagem. E Duque de Caxias, RJ, sempre foi uma região que só vendo para acreditar. Antecipou, há 30 anos, o Rio atual. Que fazer? Se você souber, me conte, por favor.